HISTÓRIA

cst

Situado em Sintra, o palácio já existia no século XVIII com o seu estilo neo-clássico, a que as invasões francesas trouxeram influências do estilo império de Napoleão. Mas foi certamente o século XIX que o tornou conhecido porque fora pertença da Coroa Portuguesa e local de desterro da Rainha Carlota Joaquina. Nele se viveram alegrias e tristezas, grandezas e vicissitudes. Mandado construir por Luís Garcia de Bivar, não permaneceu muito tempo na sua posse.
Conheceu inúmeros proprietários; foi vendido em hasta pública vezes sem conta. Em 1941, pertencia ao Dr. Albano Guedes Moutinho.

 

 

 

 

portadasEm 1942, as Irmãs, para concretizar o sonho de Teresa de Saldanha, fundaram o Colégio de S. José-Ramalhão, para educação da juventude, inspiradas na pedagogia do amor de Teresa de Saldanha, para quem educar é formar a consciência, o coração e a inteligência de cada um dos seus alunos para fazer dele um Cidadão comprometido na construção de uma sociedade mais justa e mais fraterna, saber escolher o melhor e a viver de acordo com os princípios humanos e cristãos.
Ao longo da História, o Colégio, através do seu ensino e do seu dinamismo próprio, procura concretizar este objetivo.